quarta-feira, 4 de agosto de 2010

QuEm timeMeteu?














Ô mundão de meu deus, nos deixastes fazes tão inconsequentes? Tão desesperançosos e alheios ao próximo? O que torna o adversário tão indiferente, sendo visto como um inimigo? E porque torcer para um time virou caso de polícia, por que? Por que, porque, porquê.... Quantos por quês e algumas poucas respostas... tímidas, soltas, hipotéticas, mas válidas para uma boa reflexão. Será que todos entendem do que representa assistir o seu time do coração entrar no gramado e tocar uma bola, fazer uma boa partida? Talvez nem saiba... porque para muitos que não compreendem o valor do espírito esportivo, nunca terão o prazer de sentir essa sensação... O início de uma partida de futeboloool!!!! Ou um é gooooolll! Foi dada a partida, 90 minutos, o suor que toma o corpo inteiro, as mãos desajeitadas e o coração acelerado. É mais forte que tudo... a trave, a bola, a chuteira, o calção... o gramado, às vezes bem verdinho, às vezes maltratado... sem dúvidas faz toda diferença jogar num campo bem tratado, quem não gosta? A torcida está ali, toda reunida, em uníssono num só canto... Nêgooooo ê oooo ou é baêa baêa baêa... Alegria estampada no rosto. A esperança no peito de assistir a um espetáculo, a um bom jogo e com aquele resultado esperado. Todos numa só emoção, de que seu time seja campeão. Mas coração do torcedor é um coração vagabundo, daqueles que não se cansa... apenas sente, torce, chora, grita, sente raiva, sofre. E que no outro dia acorda com aquela ressaca, mas com o raiar do dia logo-logo já está cheio de esperança, que tudo vai mudar, que vai ser diferente.... quem sabe um dia!!! seu time vai ser ou será novamente campeão... O próximo jogo sempre vai ser melhor. É isso que torna tudo mágico... um verdadeiro clássico! E que diferença isso faz? Se meu time é rubro-negro e o seu tricolor? O que torna o meu time melhor que o seu? Será que é a força do nome, o peso de uma marca ou patricinador, o valor de um passe comprado, a força de uma camisa, um estádio, os seus jogadores, ou os recursos financeiros que o mesmo possui? E o que isso importa? Minha fé, minha crença, meu gosto pode ser diferente da seu, mas isso não que dizer que minhas escolhas sejam nem melhores ou piores, apenas diferente. Nada invalida a força de uma torcida, pois sua força é capaz de levantar qualquer time. E não há nada que seja melhor do que ouvir o grito do seu torcedor, o apoio, o olhar complacente ou de compaixão nos momentos de glória e de derrota também. A grandeza deste amor é capaz de mover em um só lugar milhões de pessoas, somente para torcer . Assistir vinte dois homens correrem atrás de uma bola e no final darem de presente aquele golaço para calar a voz de qualquer um. Sendo que, somente onze, destes vinte dois homens em campo poderão comemorar o esperado golaço. São só 90 minutos de puro espetáculo... início, meio e fim e a próxima partida será uma outra história... que vença o melhor. Vença o espirito esportivo. Nada de armas, violência, agressões, nada, nada disso vai mudar a crença do seu time do coração. Partida de futebol é um espetáculo a céu aberto para todo mundo ver: velhos, crianças, jovens, adultos (homens e mulheres). Não podemos deixar que o choque de ordem nos estádios e se instaure entre as torcidas organizadas composta por delinquentes irracionais. Não vamos destruir esse momento único chamado partida de futebol, pois a minha vida tem o mesmo valor que a sua... somos somente torcedores, quem sabe de lados opostos da torcida, mas confianteseternos no nosso time de coração.

Abraços em todos,

Texto: Soraia Monteiro.

Ps: Hoje vai dá Negooooooooooooooooo... Coração rubro-negro acelerado!

4 comentários:

  1. Ô, a gente tá precisando disso um pouquinho... beijão!

    ResponderExcluir
  2. Tricolor 'rôxo'5 de agosto de 2010 06:48

    A paixão, inclusive por um time de futebol,nem o melhor psicanalista pode explicar completamente; é algo que beira o irracional, os instintos mais rudes. Mas, a vida é isso...
    A 'guerra' do futebol apenas reflete, ou talvez,expõe as personalidades dos indivíduos, confronta os corações; 'guerra' no bom sentido,
    né?

    ResponderExcluir
  3. É! Futebol é uma cachaça nacional! Tem que ser usada com moderação!!! Beijão!!!

    ResponderExcluir